QUARTO DE HORA DE ESTUDOS: ISAAC NEWTON, FÍSICA QUANTICA, MAÇONARIA E SOCIEDADE




Autor: Ir. Michael Winetzki
Publicado em 25/08/2015 por MICHAEL WINETZKI
Categoria: Geral
+ artigos deste irmão

Isaac Newton (1643- 1727) foi cientista, químico, físico, mecânico, matemático e alquimista. Este cientista inglês, que foi um dos principais precursores do Iluminismo, é considerado um dos maiores gênios da história e o maior cientista de todos os tempos. Realizou descobertas que mudaram o rumo da ciência: o teorema binomial, o cálculo, a lei da gravitação e da dinâmica e a natureza das cores.
Seu livro “Principia” é considerado o mais importante livro científico jamais escrito e é o alicerce de toda a moderna ciência, física e matemática. Escreveu também sobre química, alquimia, cronologia e teologia. Newton sempre esteve envolvido com questões filosóficas, religiosas e teológicas e também com a alquimia e suas obras mostravam seu conhecimento a respeito destes assuntos.
Newton tinha um temperamento arredio e era uma pessoa modesta. Não fazia amizades com facilidade. Ele se dedicava muito ao seu trabalho e deixava até de se comer e dormir por causa disso. Um dos seus únicos e maiores amigos, discípulo e compadre foi Jean Theophile Desaguliers, um dos fundadores da Grande Loja da Inglaterra.

Jean Theophile Desaguliers (1683-1744) nasceu na França mas foi levado por seus pais para a Inglaterra quando tinha dois anos de idade. Além de clérigo anglicano foi um brilhante cientista, com formação em filosofia, física, matemática, autor de inúmeros trabalhos de grande importância como a resolução do maior desafio científico do séc. 18, a determinação da longitude. Tornou-se assistente de Isaac Newton que foi padrinho de um de seus filhos. Juntamente com Newton foi fundador da Royal Society, até hoje uma das mais importantes instituições científicas do mundo.
A fundação de Grande Loja da Inglaterra data de 24 de Junho de 1717. Obviamente já existiam Lojas antes desta data. Na verdade existem esparsos registros da existência de Lojas operativas desde o século 12. Desaguliers e Anderson eram com certeza membros das Lojas fundadores da Loja-mãe, e provavelmente Newton também foi.
Desaguliers foi o terceiro GM da Grande Loja da Inglaterra e o último plebeu a sê-lo. Daí em diante o cargo seria exclusivo da família real e da alta nobreza. Amante da disciplina e da ordem foi o responsável pela conservação das atas desde 1723, que nos dão a visão histórica daqueles momentos e também pela introdução de inúmeros costumes maçônicos como os trajes, alfaias, jóias, festas, hierarquia dos brindes, etc. Criou ainda o pecúlio maçônico e a caixa de beneficência da GLI.
Ajudou Anderson a redigir as Constituições que são até hoje o alicerce da nossa Ordem. É o introdutor do conceito do GADU, da Cabala e da lenda do terceiro grau, entre muitas outras contribuições aos nossos rituais. Muitos dos princípios éticos maçônicos foram inspirados pelo judaísmo ou pelo Antigo Testamento como vários dos ritos e símbolos da maçonaria: a reconstrução do Templo de Salomão, a estrela de David, o selo de Salomão, os nomes dos diferentes graus, como por exemplo: cavalheiro Kadosh ("Kadosh" em hebraico significa santo), Príncipe de Jerusalém, Príncipe do Líbano, etc. A luz é um importante símbolo tanto no judaísmo como na maçonaria.

As leis de Newton, por metáforas, também podem ser aplicadas a construção do homem e do maçom.
Em 1687 vem à luz o seu livro Princípios Matemáticos da Filosofia Natural, que traz as três leis do movimento e a lei da gravitação universal, cuja aplicação veremos a seguir:
1. Todo corpo continua em repouso ou de movimento uniforme a menos que aquele estado seja alterado por uma força. É também conhecido como princípio da inércia. A maior parte dos homens passa pela vida em estado de inércia aguardando uma oportunidade que raramente chega, ou em desesperada correria a procura de melhorias materiais que dêem sentido às suas vidas, a não ser que uma poderosa força externa mude esse estado de coisas. Essa força externa muitas vezes pode ser a fé ou a maçonaria.
2. A mudança do estado depende da força aplicada. É também conhecido como princípio da dinâmica. A iniciação apresenta uma nova visão do mundo ao neófito, na qual emergem além de valores éticos e espirituais a noção de responsabilidade coletiva com todos os irmãos “espalhados pela superfície da terra” e em ações que tornem a sociedade mais “justa e perfeita”.
3. A toda ação há sempre uma reação igual e contrária. É também conhecido como princípio da ação e reação. Mudar é uma das atitudes mais difíceis quer para o homem quer para a sociedade que sempre buscam se acomodar em uma zona de conforto. A maçonaria obriga a uma mudança interior e maçons tem liderado importantes mudanças na história, como a Independência do Brasil, a libertação dos escravos, a proclamação da República, etc. Isso também ocorreu na Europa e nos Estados Unidos e por isso atraiu a reação, as vezes desproporcionada de governos e da Igreja que viam na maçonaria um fator de desestabilização.
4. A lei da gravitação universal diz que dois corpos se atraem por meio de uma força que depende de suas e da distância que há entre eles. Esse é o verdadeiro segredo da maçonaria. Pessoas de bem atraem pessoas iguais, formadas pela mesma massa ética e espiritual. Formam uma das maiores e mais respeitadas instituições do mundo. Ao contrário, agentes do mal atraem pessoas do mesmo calibre, independentemente da fortuna ou da instrução, como provam os recentes fatos de corrupção que todo o Brasil conhece.
A física quântica, que é a ciência dos corpúsculos, dos infinitamente pequenos, ensina que todo o universo é formado pela mesma substância primordial, a energia, conforme a famosa equação de Einsten: E = mc2. Todos os átomos e suas partículas subatômicas são formados por energia, nós somos formados por energia, e as leis da física quântica que atuam sobre as partículas também atuam sobre as pessoas, produzindo coisas, acontecimentos e realidades.
Em experiências científicas inúmeras vezes relatadas (recentemente em VEJA, - Bóson, a partícula de Deus), aprendemos que os átomos reagem à ação do observador, interagindo como energia. Isso nos remete a Lei Universal da Atração, que diz que o pensamento é uma emissão de ondas, vibrações positivas ou negativas e que podem criar realidades. Costumamos chamar esse foco de pensamentos de perseverança, determinação ou fé, mas seja qual for o nome que se dê a ele o fato é que o nosso pensamento cria fatos e realidades em nossa vida.
É isso que nós os maçons fazemos: através de nossa união, de nossos rituais, de nossos pensamentos positivos, temos influenciado pessoas, governos e nações, sempre procurando tornar o mundo um lugar melhor para se viver. Começando por nossa própria casa e de nossa cidade a união de forças energéticas, as quais chamamos de egrégora, tem construído templos à virtude e cavado masmorras ao vício, tem lapidado as facetas menos evoluídas de cada maçom, construindo homens melhores, com uma postura ética e comportamento social admirado por toda a sociedade. Por isso somos homens especiais, cada um de nós. Cada um se apoiando no irmão e mirando o futuro. Como disse o gênio Isaac Newton: - Se fui capaz de ver mais longe, é porque me apoiei em ombros de gigantes.

|(62) 98400-1233

"Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união!"

© Maçonaria Online | Todos os direitos reservados

Maçonaria Online - Início

Entre em contato conosco!